Fórmula SAE

Samuel Marinho - Imagem 5

Rocker - Sistema suspensão análise estática - Deformação máxima - TR01

Autor(es): Samuel Marinho

Resumo: Fórmula SAE é uma competição estudantil de design e performance de carros organizada pela Sociedade dos Engenheiros da Mobilidade (Society of Automobile Engineers – SAE). Samuel Marinho é integrante da equipe Toronado, do Dep. de Engenharia Mecânica da Escola de Engenharia, que projeta e desenvolve um veículo para participar dessa competição.

Saiba mais:

A equipe Toronado – formada por alunos de graduação e coordenada pelo professor Marco Túlio Faria – do Departamento de Engenharia Mecânica, Escola de Engenharia da UFMG – projeta e desenvolve um veículo de competição para participar da Fórmula SAE[1]. Além de participarem de eventos fora da academia, os alunos também podem aplicar os conhecimentos de sala de aula nas práticas do laboratório e da pesquisa. O nome da equipe (Toronado) é uma homenagem ao carro produzido pela Oldsmobile, subdivisão da GM (General Motors), no final da década de 60 até o início dos anos 90.

Continue lendo...

A equipe possui 14 integrantes, alunos dos cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Engenharia de Controle e Automação. Eles atuam nas áreas de aerodinâmica, chassi, comandos e direção, eletrônica, motopropulsor e suspensão.

O carro desenvolvido pela equipe Toronado se chama TR-01, e para desenvolvê-lo a equipe realizou pesquisas sobre os modelos já construídos e estudos específicos sobre construção de carros. Após essa etapa, eles projetaram e simularam testes no computador, construíram ou compraram as peças e, finalmente, montaram o veículo na oficina.

O maior desafio do projeto era construir um protótipo de carro com qualidade e poucos recursos. A partir do plano do primeiro veículo elaborado, verificou-se a dificuldade em conseguir recursos para a compra das peças. Um carro para Fórmula SAE custa, normalmente, 90 mil reais, dinheiro que equipe não dispunha. Para superar esse desafio, muitas peças foram construídas e adaptadas pelos alunos, que utilizaram a infraestrutura da Universidade. Dessa forma, o investimento para construir o carro foi cerca de 15 mil reais.

[1] A Sociedade de Engenheiros da Mobilidade - SAE Brasil é uma associação sem fins lucrativos que congrega pessoas físicas (engenheiros, técnicos e executivos) unidas pela missão comum de disseminar técnicas e conhecimentos relativos à tecnologia da mobilidade em suas variadas formas: terrestre, marítima e aeroespacial. É quem organiza a competição do estilo Fórmula, veículo de velocidade para asfalto.

Links com informações correlatas:

Currículo do Professor de Marco Túlio Faria, orientador do projeto (Currículo Lattes). Disponível em: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780001Y1 

Entrevista com o aluno de Engenharia Mecânica e o capitão da equipe Toronado, Caio Cramer, para o programa Expresso 104.5 daRádio UFMG Educativa. Disponível em: www.ufmg.br/online/radio/arquivos/anexos/CAIO%20CRAMER%20-%20CARRO%20DE%20CORRIDA%20DA%20UFMG%20-%20%2007-06-2010.mp3

Notícia no Boletim UFMG sobre o carro desenvolvido pelos alunos do projeto Toronado (n. 1696, ano 36, 24 maio 2010). Disponível em: www.ufmg.br/boletim/bol1696/index.shtml

Página da Competição Fórmula SAE Brasil. Disponível em: www.saebrasil.org.br/eventos/formulaSAE10/

Página da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE) no Brasil. Disponível em: www.saebrasil.org.br

[x]

Pílula do Conhecimento - Samuel Marinho

Vídeo com o pesquisador Samuel Marinho sobre o projeto 'Formula SAE'. (Update: a Equipe Toronado mudou seu nome para Fórmula UFMG).

- Ficha técnica

Licença Copyleft ©

Universidade Federal de Minas Gerais

Centro de Comunicação (CEDECOM) / Núcleo de Divulgação Científica (NDC)

email: imagens@ufmg.br / telefone: (31) 3409-4503