Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Formação Transversal em Culturas em Movimento e Processos Criativos oferece aula aberta com a Comunidade Negra dos Arturos

Na segunda-feira, 30/9, de 11h às 12h, acontece a aula aberta da disciplina "Cantos de Fé e Cantos de Trabalho na Comunidade Negra dos Arturos". O evento, que marca o Encontro Semestral da Formação Transversal em Culturas em Movimento e Processos Criativos, será realizado na Praça de Serviços da UFMG, com entrada aberta a toda a população. Promovida pela Diretoria de Ação Cultural da UFMG, o objetivo da aula é criar um ambiente de partilha de experiências, aproximando os participantes do modo como os Arturos se reconhecem e se reconstroem no mundo por meio do canto e da dança.

Ministrada no segundo semestre de 2019, a disciplina visa propiciar aos participantes o contato com cantos e danças que conduzem práticas rituais e festivas na Comunidade Negra dos Arturos (Contagem, Minas Gerais). Quem conduz as aulas é a professora Glaura Lucas, da Escola de Música da UFMG, com o auxílio de Leonardo Pires, aluno de pós-doutorado da Escola de Música da UFMG, além do mestre da Guarda de Congo nos festejos do Reinado de Nossa Senhora do Rosário, José Bonifácio da Luz (Bengala). Durante a aula aberta também estarão presentes contramestres do Reinado. 

Bengala é neto de Arthur Camilo Silvério, fundador da Comunidade dos Arturos, e representa uma liderança na orientação de crianças e jovens nos preceitos e normas das tradições da comunidade. Ele participa ativamente do ciclo anual do Reinado, como também das outras práticas culturais mantidas pelo grupo familiar, como a festa de capina, o batuque, e a folia de Reis.

(Texto: Comunicação/DAC)