Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Divulgadas informações sobre novas chamadas para apoio a estudantes assistidos

A partir desta terça-feira, 28 de setembro, a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) e a Fundação Universitária Mendes Pimentel (Fump) publicam chamadas para auxílios diversos aos estudantes assistidos pela UFMG. O objetivo geral é garantir aos estudantes a transição adequada do Ensino Remoto Emergencial (ERE) para o Ensino Híbrido Emergencial (EHE). As iniciativas contam com  verbas do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) e recursos próprios da UFMG  

Hoje foi lançada a Chamada Prae/Fump nº 01/2021, que prevê o Auxílio Emergencial Retorno para veteranos. Na sexta, 1º de outubro, serão publicadas as chamadas 2 e 3, que vão tratar, respectivamente, sobre o Auxílio Emergencial Alimentação e o Auxílio Emergencial Transporte.

Estudantes veteranos que participaram das chamadas de inclusão digital anteriores (aquisição ou empréstimo de notebook e chip de acesso à internet) e já têm acesso aos equipamentos e outras formas de apoio não precisarão se inscrever nas chamadas que serão publicadas para essa finalidade. Eles permanecerão na atual situação, podendo apenas migrar do Auxílio Serviço Internet para o Programa Alunos Conectados – chip de acesso à internet.

Os estudantes que ingressarão no segundo período letivo de 2021 (calouros) e os veteranos que não participaram das chamadas de inclusão digital em semestres anteriores poderão ser beneficiados pelas chamadas 4 (Programa Alunos Conectados), 5 (empréstimo de notebooks), 6 (tecnologias assistivas para estudantes com deficiência) e 7 (sinal de internet para estudantes do campo, indígenas e quilombolas). Todas elas serão publicadas na próxima semana (4 a 8 de outubro).

Apoio para alimentação

A adoção pela UFMG do Ensino Híbrido Emergencial, a partir de 13 de outubro deste ano, provoca alterações no Auxílio Complementar Emergencial, que vem sendo concedido a estudantes assistidos desde março de 2020. Esse valor será depositado pela última vez no início de outubro, para todos os beneficiários, nos respectivos valores para cada nível socioeconômico. A partir de 1º de novembro, essa modalidade será chamada Auxílio Financeiro Emergencial para Alimentação e destinada exclusivamente a estudantes assistidos que se mantiverem matriculados apenas em atividades acadêmicas remotas.

Esses estudantes deverão inscrever-se unicamente na chamada 2 (Auxílio Emergencial Alimentação), que será publicada na próxima sexta, dia 1º, para receber o auxílio a partir de novembro. Uma vez que não vão participar, por ora, do Ensino Híbrido, não poderão se inscrever nas chamadas 1 (Auxílio Retorno) e 3 (Auxílio Transporte). Estudantes que residem em Belo Horizonte e Região Metropolitana ou em Montes Claros, inclusive nas Moradias Universitárias, podem se inscrever nessa mesma chamada, observando orientações específicas.

Estudantes assistidos que vão fazer atividades do Ensino Híbrido Emergencial a partir de 13 de outubro devem se inscrever nas duas chamadas orientadas para eles: Chamada 1 – para receber o auxílio retorno a Belo Horizonte ou a Montes Claros – e Chamada 3, para passar a receber o auxílio transporte.

Restaurantes

Somente estudantes assistidos em atividades do Ensino Híbrido Emergencial terão acesso aos bandejões da UFMG em Belo Horizonte e em Montes Claros para as refeições diárias nos valores correspondentes aos diferentes níveis de vulnerabilidade. 

Outras informações estão nos sites da Prae e da Fump, onde também estão sendo publicadas as novas chamadas relativas às diversas modalidades de auxílio para estudantes assistidos pela UFMG.

(Cedecom/UFMG)