Brasil – Governo Federal – Ministério da Educação

Candidatos ao Vestibular UFMG 2013 devem se inscrever no Enem a partir de segunda

O Ministério da Educação divulgou nesta sexta-feira, 25 de maio, o edital do Exame Nacional de Ensino Médio – Enem 2012, cujas inscrições estarão abertas a partir da próxima segunda-feira, dia 28 de maio, até o dia 15 de junho. As provas serão nos dias 3 e 4 de novembro. Os candidatos ao Vestibular UFMG 2013 deverão fazer as provas do Enem deste ano, cujas notas corresponderão à primeira etapa do concurso da UFMG. Para fazer a inscrição no Vestibular UFMG 2013 o candidato deverá apresentar o número de inscrição no Enem 2012.

A inscrição para o Vestibular UFMG será no período de 13 de agosto a 10 de setembro pelo site www.ufmg.br/copeve e a taxa de inscrição é R$100 (não inclui a taxa do Enem de R$ 35). Candidatos que pediram isenção da taxa da UFMG poderão acompanhar o resultado a partir do dia 13 de julho de 2012, pelo site www.ufmg.br/copeve ou pelos telefones (31) 3409-6700 ou (31) 3409-4408, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h.

As provas de segunda etapa do Vestibular UFMG 2013 serão realizadas no período de 13 a 20 de janeiro. Como acontece desde o Vestibular 2011, a prova do Enem substitui a primeira etapa do concurso da UFMG e a nota da Redação do Enem será usada na segunda etapa da UFMG. O edital com as orientações está disponível no site www.ufmg.br/copeve.

Programa de bônus será mantido no Vestibular UFMG 2013

O programa de bônus sociorracial da UFMG, que desde o Vestibular 2009 contribui, a cada ano, para inclusão de 33% de alunos oriundos de escolas públicas nos cursos de graduação da universidade, será mantido no Vestibular 2013. Em reunião realizada no mês de maio, o Conselho Universitário aprovou a manutenção do programa, alterando apenas o critério formal de cálculo, com a substituição do polinômio (usado para transpor as notas do Enem) por uma equação simples (regra de três), para dar mais transparência ao processo e facilitar a conferência da nota pelo candidato.  Haverá a transposição linear das notas do Enem para a escala de 0 a 100 da UFMG.

A mudança exigiu a adequação numérica do percentual do bônus aplicado sobre a nota final da primeira etapa, que passa de 10% para 5% (para quem estudou em escola pública) e de 15% para 7,5% (para quem estudou em escola pública e também se autodeclara negro ou pardo).  Na segunda etapa, que consiste em provas específicas do Vestibular UFMG, não haverá nenhuma alteração no sistema de bônus.

Segundo a Pró-Reitora de Graduação, Antônia Vitória Aranha, “para quem vai fazer o Vestibular UFMG 2013, na prática, não muda nada porque a política de inserção de um terço de bonistas do total de aprovados está mantida”, garantiu.

(Assessoria de Imprensa - CEDECOM/UFMG)