Brasil
< Início

Alunas premiadas na UFMG Jovem são selecionadas para feira internacional sobre ciência

Publicado em: 5-07-2017

15036322_1268260249913793_3627452248275875618_n

Embora a ciência seja fundamental para a construção de conhecimento do mundo, são poucas as oportunidades de ingressar no universo das pesquisas e laboratórios para entendê-la na prática. Em muitos casos, o primeiro contato com o fazer científico é realizado somente no ensino superior, o que pode dificultar o gosto dos estudantes pelas atividades da ciência. Dessa forma, pensando na inserção dos adolescentes na cultura científica, a UFMG, por meio da feira UFMG Jovem, abre suas portas todo ano para que alunos do Ensino Médio e Fundamental exponham trabalhos e concorram a bolsas de iniciação científica. O projeto, que acontece há 18 anos, colhe seus frutos a cada edição: Dessa vez, um grupo premiado de estudantes será enviado a Londres para uma participação no London International Youth Science Forum, evento que reúne os melhores alunos de mais de 65 países para reflexões contemporâneas sobre a Ciência.

Com apenas 16 anos, a jovem Laura da Silva é uma das alunas escolhidas para ir ao LIYSF. “A UFMG Jovem tem um papel muito importante na minha vida e informação acadêmica. Foi o primeiro lugar em que eu me senti pertencente e importante. Ganhar o 1° lugar na categoria Ensino Fundamental em uma edição da UFMG Jovem me trouxe oportunidades inimagináveis. Ela proporcionou o contato com o meio acadêmico da universidade e a participação em feiras de ciências nacionais”, contou ela, que participou da iniciativa em 2015 e apresentou um projeto de pesquisa que investiga a Síndrome de Burnout  e sua relação com o ambiente laboral de professores. 

Já Gabriella Santana participou da 16ª UFMG Jovem junto com os colegas de escola. O grupo desenvolveu o projeto Faraday ao Dínamo: dispositivo de segurança para ciclistas, iniciativa que tem a proposta de melhorar a vida dos usuários por meio de sensores e luzes de LED. Santana também irá á Youth Science Forum e tem grandes expectativas para o evento. “Será uma grande oportunidade para expandir meu conhecimento e aprender coisas para melhorar minha vida acadêmica”, dividiu.

 A iniciação científica é uma das principais portas de entrada dos jovens para o trabalho profissional no segmento da pesquisa. Atualmente, a Diretoria de Divulgação Científica da UFMG abriga 20 bolsistas de ensino médio e fundamental que desenvolvem seus projetos em parceria com a universidade. Segundo o professor de física da Escola Estadual João Rodrigues Giezi Reginaldo, que irá acompanhar o grupo na viagem, o eixo tem uma grande importância na educação básica. “Será uma experiência muito diferente das já realizadas. Além da interação com outras pessoas, participar destes debates é muito importante na minha carreira como professor e na vida dos alunos. Nesse sentido, os recursos financeiros incentivaram muito a nossa jornada. Assim, podemos ser mais exigentes com os planos de ação”, explicou, ao mencionar as bolsas disponibilizadas pela UFMG para os alunos.

O Fórum 

Bt9Jff3CUAAScL4.jpg large

Reprodução da Internet

Idealizado pela universidade Imperial College, o London International Youth Science Forum ocorre anualmente na capital britânica . Sua 59 ª edição acontecerá de 26 a 09 de agosto com o tema ‘Ciência – Tornando a Vida Melhor’. Estudantes e profissionais de campos como medicina, biologia, química e física estarão presentes para discutir em conjunto os benefícios da ciência na vida dos sujeitos. Os estudantes escolhidos foram selecionados pelo Programa Jovens Inovadores, de incentivo à Ciência, à Tecnologia e à Inovação da Rede POC (Rede do Programa de Olimpíadas do Conhecimento).

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901