Brasil
< Início

Universidades empreendedoras se encontram na UFMG para fortalecer empresas juniores

Publicado em: 13-12-2019

Objetivo da Extensão da Universidade é fortalecer o diálogo entre instituições, o empreendedorismo e a atuação das empresas juniores 

O Roadshow do Ranking de Universidades Empreendedoras reuniu no dia 12 – no campus Pampulha da UFMG – representantes de universidades públicas que figuram no Ranking das Universidade Empreendedoras, da Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior). Entre os objetivos do encontro, esteve a apresentação de parâmetros e de resultados da edição de 2019 do ranking, em que a UFMG figurou em 3º lugar e foi a federal mais bem colocada entre as universidades públicas brasileiras.

O evento contou com a participação de estudantes que integram empresas juniores da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), entre outras instituições. Estiveram presentes também a vice-reitora da UFV, Rejane Nascentes, e a pró-reitora adjunta de Extensão da Ufop, Gabriela de Lima Gomes.

Foto 1  Representantes de empresas juniores e dirigentes discutiram o fortalecimento do empreendedorismo nas universidades

Representantes de empresas juniores e dirigentes discutiram o fortalecimento do empreendedorismo nas universidades

Para o estudante Jardel Fonseca, presidente executivo da Federação Mineira de Empresas Juniores (Fejemg), a escolha da UFMG – e de Belo Horizonte – para sediar a primeira edição desse encontro das universidades ranqueadas foi estratégica. “Minas Gerais é o estado com mais empresas juniores no país, e a UFMG está entre as instituições de ensino que mais incentivam o empreendedorismo entre seus estudantes”, disse.

Na ocasião, os participantes do evento foram recebidos pela reitora Sandra Goulart Almeida e pela pró-reitora adjunta de Extensão, Janice Amaral. Sandra informou que o objetivo da UFMG é fortalecer o empreendedorismo na instituição. “Atualmente a Extensão da Universidade empreende esforços para regulamentar o reconhecimento institucional das atividades desenvolvidas pelas empresas juniores. Isso porque”, disse a reitora, “enxergamos as atividades desenvolvidas pela empresa júnior como ações acadêmicas complementares ao ensino da graduação, uma cultura e atividade integrada à formação do estudante, com reflexos para toda a sociedade”, afirmou.

Foto 2 Evento contou com a presença de Lucas Martins (Lucas Martins, Coordenador Geral do Ranking), Luana Freitas (president

Evento contou com a presença de Lucas Martins (Lucas Martins, Coordenador Geral do Ranking), Luana Freitas (presidente eleita da Fejemg) e Jardel Fonseca (atual presidente da Fejemg). Foto: Rayane Paes

Ranking das empreendedoras

Em 2019, o Ranking Nacional de Universidades Empreendedoras chegou à sua 3ª edição com o objetivo de premiar as comunidades acadêmicas que mantêm ecossistemas de inovação que mais favorecem o desenvolvimento da sociedade por meio de práticas inovadoras. Participaram 123 universidades das 27 unidades federativas avaliadas. Para a composição do ranking, foram ouvidos 15 mil estudantes de instituições de ensino brasileiras.

Assessoria de Comunicação da Proex

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901