Brasil
< Início

Rede de Saúde Mental implanta projeto de acolhimento à comunidade universitária na quarentena

Publicado em: 13-04-2020

Estudantes, professores, intercambistas, técnicos, terceirizados e profissioanais de saúde contam com o suporte, a distância, de profissionais especializados para acolhimento a quem mais precisa  

Em resposta a eventuais adversidades agravadas pela crise do novo coronavírus, a Rede de Saúde Mental e a Comissão Permanente de Saúde Mental da UFMG passaram a oferecer uma ampla rede de serviços à comunidade acadêmica. A disponibilização dos serviços integra o conjunto de ações do "Projeto de acolhimento à Distância", que foi lançado no dia 13 de abril pela Rede de Saúde Mental, vinculada à pró-reitoria de Extensão da UFMG (Clique aqui para acessar o comunicado de lançamento). 

Estudantes, professores, técnico-administrativos do quadro efetivo e terceirizados contam com o suporte de profissionais da própria Universidade das áreas de psicologia, terapia ocupacional, assistência social e enfermagem. Essa rede não apenas oferece orientações especializadas como está preparada para conversar e ouvir desabafos e relatos de problemas.

O serviço funciona de segunda a sexta, das 8h às 21h, em escalas variadas dentro desse período, dependendo do profissional solicitado. A lista com os profissionais disponíveis e seus contatos está disponível aqui. Essa rede reúne cerca de duas dezenas de profissionais de perfil heterogêneo, plenamente capacitados a prestar auxílio a quem precisa.

Plantão Psicológico

O projeto de extensão Plantão Psicológico da Fafich, em parceria com a Diretoria de Relaões Internacionais (DRI), oferece aos discentes e docentes em mobilidade serviços virtuais via Skype e WhatsApp. Atualmente, mais de 200 estudantes e cerca de 70 professores da UFMG encontram-se espalhados por 30 países para realização de pesquisas, intercâmbios internacionais e participação em programas acadêmico-científicos. 

70936396_3036112239737928_6987277896368783360_n

Equipe do Plantão Psicológico está mobilizada para atender virtualmente a comunidade universitária dentro e fora do país

Acolhida aos profissionais de saúde

A rede de serviços também está à disposição dos próprios profissionais de saúde, em especial daqueles que estão na linha de frente no combate à pandemia nos hospitais vinculados à UFMG. Esses trabalhadores vêm também recebendo um acompanhamento especial do Departamento de Atenção à Saúde do Trabalhador (Dast), vinculado à Pró-reitoria de Recursos Humanos (ProRH).

Outras informações sobre as ações de acolhimento à comunidade podem ser obtidas no site especial criado pela UFMG para divulgar informações atualizadas e confiáveis acerca da pandemia. Nele, há instruções específicas para estudantes da moradia estudantil, para a comunidade no exterior e estrangeiros no Brasil e para trabalhadores do Hospital das Clínicas. No caso de urgências, é recomendado que a pessoa que precisa de atendimento procure o atendimento de saúde do SUS ou do município. Em Belo Horizonte, os contatos para esse tipo de atendimento estão disponíveis no site da Prefeitura.

Assista também a vídeo da TV UFMG, em que a pró-reitora de Extensão e coodenadora da Rede de Saúde Mental, Claudia Mayorga, faz uma síntese das ações desenvolvidas até o momento pela Universidade. "Isolamento não é uma medida fácil. Ele nos obriga a organizar a nossa vida, associando-a ao trabalho remoto, gerando tensão e ansiedade", afirma. (clique para assistir).

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901