Brasil
< Início

Proex recebe propostas de atividades de extensão não presenciais

Publicado em: 25-03-2020

Se de um lado a atual situação de pandemia precisa da consciência de todos, de outro ela requer maneiras de usar a energia e a proatividade advindas da extensão universitária para apoiar aqueles que mais sofrem as consequências da crise, como pessoas em situação de rua, idosos, moradores de aglomerados, catadores, grupos sociais vulneráveis, entre outros.  

A Pró-Reitoria de Extensão da UFMG entende que agora é o momento de pensar e apoiar atividades que podem ser realizadas de forma não presencial e que alcancem, especialmente, parcelas da população mais expostas a essa realidade. Se em seu projeto ou programa de extensão você identifica alguma ação nesse sentido, envie-a para o e-mail ddc-secretaria@proex.ufmg.br.

Atividades não presenciais 

Ações de extensão estão surgindo e outras se adaptando criativamente à atual realidade, como é o caso de iniciativa promovida pelo Campus Saúde, em que cerca de 50 alunos de Medicina e Enfermagem foram capacitados para atender às dúvidas da população acerca do coronavírus por meio da web ou telefone (veja mais). 

Outro projeto que tem se adaptado às circunstâncias de isolamento social é o Espaço do Conhecimento UFMG. Desde que o museu encerrou as visitações, muitas atividades têm sido implementadas em suas páginas virtuais, como gincanas on-line no Instagram e outros testes e jogos, em que há, inclusive, premiação para os vencedores (veja mais). 

Leia também:  

Departamento de Microbiologia do ICB cria conteúdo de combate à desinformação acerca do novo coronavírus 

Programa Polos de Cidadania da UFMG participa de articulação para efetivação de direitos da população de rua

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901