Brasil
< Início

Lançamento de seção de entrevistas marca nova edição da Revista Interfaces

Publicado em: 2-01-2020

 Publicação aborda também a relação transformadora entre universidade e movimentos sociais, bem como experiências de extensão no país   

A revista Interfaces, da UFMG, lançou sua mais recente edição. A publicação traz artigos inéditos sobre experiências de extensão desenvolvidas por instituições de ensino de todo o país. Uma entrevista com o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, marca a estreia da seção de entrevistas da publicação, que é editada semestralmente pela Pró-reitoria de Extensão (Proex) da UFMG.

A edição 2019/2 reúne textos que tratam da contribuição da Extensão para as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Pics) no município catarinense de Blumenau; do projeto Escola, Dança e Educação (Educadança), que, por meio da dança, oportuniza transformações à comunidade de Igarapé-Açú no Pará; dos impactos de cursinho pré-ENEM gratuito, oferecido a alunos de baixa renda; da experiência de estudantes em atividades educativas para pacientes com Anemia falciforme; da horta comunitária como alternativa terapêutica para usuários de instituto de reabilitação psicossocial, entre outros relatos feitos por pesquisadores das mais diversas áreas.  

Fortalecimento da Extensão  

Assinado pela editora-chefe Natacha Rena, professora da Escola de Arquitetura da UFMG, o editorial Urgente: é preciso fortalecer a extensão universitária resgata o sentido de um dos capítulos da Política Nacional de Extensão Universitária (Pneu), publicada em 2012 pelo Fórum de Pró-reitores de Extensão (Forproex). O editorial chama a atenção para importância da relação entre universidade e movimentos populares, os quais, segundo o texto, “são o âmago ético da Política Nacional de Extensão Universitária”.

cover_issue_17_pt_BR

Capa da edição 2019/2 da Revista Interfaces (Reprodução)

Entrevista inaugural

A entrevista de João Pedro Stédile foi realizada especialmente para estrear a nova seção da Revista Interfaces. A conversa ocorreu no dia 17 de setembro de 2019, quando Stédile ministrava um dos módulos do Curso de Realidade Brasileira (CRB), que aconteceu no Sindicato dos Petroleiros (SINDIPETRO), em Belo Horizonte.

Considerado uma das principais lideranças de esquerda do país, Stédile falou, entre outros assuntos, sobre o atual sentido da luta do MST– do qual é também um dos fundadores –, da crise econômica e política, da desigualdade social, das lutas populares, do uso de agrotóxicos, do papel da universidade em sua interação dialógica com a sociedade e como colaboradora de transformações sociais includentes.

A entrevista está também disponível, em vídeo, no YouTube

Leia também: 

Em entrevista publicada pela Revista Interfaces, João Pedro Stédile aborda MST, militância e atual conjuntura política brasileira

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901