Brasil
< Início

Extensão da UFMG se reinventa em tempos de isolamento imposto pela Covid-19

Publicado em: 31-03-2020

Diversas iniciativas são instauradas no âmbito dos programas e projetos de extensão nas áreas de saúde, educação a distância, direitos humanos, divulgação científica, entre outras

 

faceeduca

Face Educa é um dos projetos que levou suas atividades para o ambiente virtual, por meio de aulas ministradas pelo YouTube

O contexto de pandemia da Covid-19 fez com que a extensão da UFMG fomentasse ainda mais seu diálogo com a sociedade. Há a intensificação dos trabalhos em grande parte dos programas e projetos - muitos introduzindo a questão da pandemia em suas abordagens -, ações inventivas e emergência de iniciativas e atores no âmbito dos programas. A diferença, na atualidade, é o meio pelo qual as atividades têm sido executadas em diversas unidades e áreas do conhecimento.   

Com auxílio, principalmente, da tecnologia e das ferramentas de redes sociais, a Universidade mudou sua forma de atuação para se aproximar ainda mais da sociedade, no momento em que as pessoas mais precisam de união, segurança e acesso à informação confiável.

Atualmente, a Pró-reitoria de Extensão realiza um levantamento dessas atividades. Esse trabalho busca, entre outros objetivos, compreender o atual panorama e traçar estratégias e políticas de extensão para a Universidade. A Proex tem também promovido no Instagram a campanha #extensaoremotaUFMG, que busca identificar, justamente, as ações de extensão que são desenvolvidas de maneira não presencial.

Listamos a seguir grande parte de iniciativas que têm feito a diferença. Elas vão da área da saúde, medidas de enfrentamento, divulgação científica, a Educação a Distância (EAD), difusão cultural e entretenimento. A Proex informa que continuará contribuindo para a divulgação e visibilidade das iniciativas à medida que for tomando conhecimento do quadro atual. 

Divulgação científica 

O Programa UFMG Jovem, que tem como objetivo promover a aproximação entre a universidade e a educação básica, tem tido uma atividade intensa durante a quarentena.  Em seus perfis no Instagram e Facebook têm sido divulgados diariamente reportagens e vídeos com informações e recomendações atualizadas sobre a pandemia do Covida-19 com ênfase nas iniciativas da UFMG, bem como sugestões de atividades para fazer em casa em tempos de quarentena. As últimas postagens são acessíveis a deficientes visuais #paratodosverem. 

O projeto Universidade das Crianças aproveita o momento de isolamento para promover conhecimento e interação com o público infantil no Instagram YouTube.  

A Marcha pela Ciência teve também de se reinventar. A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) realizará o evento, em 2020, em ambiente virtual. A "Marcha Digital pela Ciência" está marcada para 23 de abril, em Minas Gerais. Pesquisadores, coordenadores, professores e estudantes da UFMG vão participar por meio da apresentação de seus projetos em formatos que possibilitem o acompanhamento remoto. Para saber mais sobre o evento, clique aqui

O Observatório Social da Covid-19 é uma iniciativa da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas e objetiva relacionar dados socioeconômicos e o atual momento de pandemia Veja mais.

O Departamento de Microbiologia do ICB produz e divulga série de vídeos informativos em seu Instagram, os quais dão dicas, combatem fake news e respondem as curiosidades dos seguidores acerca da pandemia. (clique para ver notícia). Em pouco tempo, a ação alcançou a marca de 6 mil seguidores e ganhou repercussão na mídia. Os vídeos podem ser assistidos na íntegra no YouTube (Veja aqui a playlist completa). 

Cerca de 40 cientistas, jornalistas, alunos e professores do curso de especialização em Comunicação Pública da Ciência formaram uma força-tarefa de combate à Covid-19 e às fake news. Eles se mobilizam com informações úteis e dicas claras e simples em seus perfis nas redes sociais e nas redes sociais do Amerek: InstagramFacebook e Twitter

A série de postagens Antropologia & Pandemias é uma iniciativa do Programa de Monitoria de Graduação do Departamento de Antropologia e Arqueologia da FAFICH. O Instagram do programa é utilizado para divulgar emas, textos, ideias e conceitos da antropologia e áreas afins que sirvam para pensar a pandemia e os tempos atuais. 

72756489_2408945482679946_5492257348014074651_n

Cientistas e equipe do Amerek estão mobilizados para vencer a batalha contra a pandemia no campo da informação

Saúde e enfrentamento à Covid-19 

A UFMG disponibilizou página exclusiva com informações atuais e confiáveis sobre a pandemia: ufmg.br/coronavirus/.

A guerra contra a pandemia do novo coronavírus tem estimulado a participação dos alunos em projetos que ajuda a superar o difícil momento. Um desses é o Projeto de extensão Campus saúde enfrentando o coronavírus, que lançou um canal de tira-dúvidas, por telefone e Internet, em linha direta com a população.O  Serviço está em operação e é prestado por estudantes dos cursos de medicina e Enfermagem. 

O projeto Para Elas, da Faculdade de Medicina, lida com mulheres em situação de violência e vulnerabilidade. No momento, o grupo discute formas de continuar com as abordagens a distância. Acompanhe o site.

Na Faculdade de Medicina da UFMG, colaboradores e voluntários prestarão atendimentos online gratuitos para profissionais de saúde que estão na linha de frente dos atendimentos médicos (saiba mais).

As Faculdades de Enfermagem e Medicina realizam curso de extensão gratuito a distância, voltado a profissionais de saúde, sobre manejo clínico de pacientes infectados com Covid-19 em UTIs (clique para participar). Esta á primeira ação do tipo no Brasil, por isso já foram recebidas inscrições de interessados de todas as regiões. Mas não há limite de vagas, e o curso terá oferta contínua enquanto houver procura. Instagram. Conheça também o site do projeto: www.uticovid19ufmg.com.br . Outras iniciativas surgem no âmbito do projeto, como a campanha "Conectando Vidas - Doe um tablet", que visa à arrecadação e doação de tablets para pacientes enfermos.

projeto de extensão Plantão Psicológico da Fafich, em parceria com a Diretoria de Relaões Internacionais (DRI), oferece aos discentes e docentes em mobilidade serviços virtuais via Skype e WhatsApp. Atualmente, mais de 200 estudantes e cerca de 70 professores da UFMG encontram-se espalhados por 30 países para realização de pesquisas, intercâmbios internacionais e participação em programas acadêmico-científicos.

Foram lançadas a campanha #colaborehospitaisufmg em apoio ao Hospital Risoleta Neves e Hospital das Clínicas e páginas na Web sobre a ação.  

A bolsista Natália Oliveira, vinculada a um projeto de extensão da Faculdade de Odontologia, confecciona máscaras de tecido para doação, já que estão em falta no mercado (contato: nathaliathaise@hotmail.com).

O Programa de Atenção Interdisciplinar ao Autismo (Praia) divulga série de dicas sobre práticas de cuidado com crianças com Transtorno do Espectro do Autismo durante o período de isolamento social: Instagram.  

Grupo de pesquisa e extensão do Departamento de Estatística (Dest) do Instituto de Ciências Exatas (Icex) lançou o projeto Dados, Cenários e Previsão. O objetivo é criar instrumentos e ferramentas que colaborem para a formação de um cenário e previsões de infecções e mortes e na criação de políticas públicas de combate à doença (saiba mais aqui).

O projeto Rede de Teleassistência de Minas Gerais, do Hospital das Clínicas, criou um protocolo para orientar profissionais da saúde, além de disponibilizar perguntas e respostas acerca da pandemia Veja mais.

O programa Primeira Infância Plena elabora materiais de esclarecimento sobre a Covid-19 em seu Instagram.

O Sentidos do Nascer é um projeto de assistência à gestante e apoiador do parto normal. Nesse período de pandemia, divulgou a cartilha "Direitos das Gestantes e dos Bebês em tempos de Covid-19". Veja mais.

O projeto Dor Orofacial, do Instituto de Ciências Biológicas e do Hospital das Clínicas, produziu um vídeo informativo sobre como a Covid-19 pode afetar pessoas que sofrem com esse tipo de dor. Veja o vídeo.

O Praxis/EA-UFMG (Práticas Sociais no Espaço Urbano) mapeia redes de apoio e de ações em favelas, ocupações urbanas e periferias da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Pesquisadores da UFMG e de outras instituições se uniram para produzir protetores faciais para os profissionais de saúde que trabalham no combate à pandemia. 

O Programa Polos de Cidadania, vinculado à Faculdade de Direito, orientou o Ministério Público e a Defensoria Pública no trabalho de recomendação de medidas emergenciais à Prefeitura de Belo Horizonte, em relação ao cuidado com os moradores de rua. Os agentes públicos municipais ampliaram os serviços de atendimento e acolhimento, começando, por exemplo, a distribuir refeições a essa população, que, segundo dados, conta com aproximadamente 12 mil pessoas em Belo Horizonte. "As condições desiguais de vida no Brasil são desafio no enfrentamento à pandemia”, avalia o professor e coordenador do programa, André Dias (Veja entrevista). 

Alunos de Medicina e Centro de Comunicação da Faculdade de Medicina lançaram o projeto de extensão AvasCast. A iniciativa foi instaurada no âmbito do programa AVAS 21 – programa de inserção da tecnologia no ensino na área da saúde. Trata-se da produção de podcasts (áudios) com informações científicas sobre a pandemia voltadas aos profisionais de saúde e comunidade em geral. Clique aqui para ouvir. Os alunos, apoioados por professsores, participam de todas as etapas de elaboração dos episódios, desde a sua concepção, gravação e edição do conteúdo e publicação nas plataformas de podcasts e Instagram.

Imagens-avascast--1024x497

Alunos da Medicina criam podcasts com informações científicas para a comunidade

O Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da UFMG (Cedeplar) apresenta proposta de enfrentamento ao coronavírus nas periferias urbanas (leia notícia). Os pesquisadores elaboram nota técnica que teve a participação da Central Única das Favelas (Cufa). 

O projeto Direito Vivo, vinculado à Divisão de Assistência Jurídica da UFMG, desenvolveu o  Plantão Especial, site dedicado ao atendimento daqueles que querem tirar dúvidas sobre o auxílio emergencial do governo - criado para enfrentar a crise gerada pela pandemia. Além disso, o projeto elaborou a Cartilha Tira-Dúvidas, que responde às dúvidas mais gerais, e tem realizado atendimentos, gratuitamente, pelo e-mail dajufmg.atendimentoremoto@gmail.com.   

A Clínica de Direitos Humanos da UFMG elaborou a cartilha “Auxílio Emergencial: como receber?” que reúne as principais informações sobre o Auxílio Emergencial concedido pelo governo federal (para saber mais sobre as iniciativas da Faculdade de Direito, leia notícia).

Cursos e iniciativas a distância

O programa Colmeia, vinculado à Faculdade de Ciências Econômicas (Face), divulga as pesquisas acerca dos impactos da Covid-19 para a classe popular em seus perfis nas redes sociais: Instagram e o Facebook. O programa mudou a dinâmica da tradicional feira de economia solidária da Face e criou catálogo virtual dos empreendimentos, que possibilita a entrega em domicílio dos produtos: Facebook  e Instagram. Clique para acesso às versões do catálogo.

O Face Educa, projeto de extensão da Faculdade de Ciências Econômicas (Face), posta vídeos no YouTube com conteúdo de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Durante o período de quarentena, o cursinho popular disponibiliza videoaulas, aulas ao vivo e atividades de interação com os participantes. As atividades do programa podem ser acompanhadas no canal do Face Educa no YouTube.

Aprendizagem significativa e tecnologias educacionais: curso de extensão voltado a professores da educação básica, on-line e gratuito ofertado pelo Instituto de Ciências Biológicas (ICB) em parceria com o Centro de Apoio à Educação a Distância (Caed/UFMG). Nesta edição, foram abertas 60 vagas, distribuídas por sorteio. As inscrições estão encerradas, e o resultado final já foi divulgado aqui. A capacitação, que será ministrada de 17 de abril a 15 de maio, é destinada a professores da educação básica. Mais informações podem ser obtidas em @ceaste.ufmg ou solicitadas pelo e-mail ceast.ufmg@gmail.com (veja também notícia).

O projeto TV Dental News usa o YouTube como plataforma de divulgação acerca do vírus para profissionais e estudantes da área de saúde bucal.

O projeto Democracia Participativa (Prodep) desenvolveu o curso a distância "Teoria Democrática, Políticas Públicas e Participação" - totalmente gratuito. Ele é oferecido em cinco temáticas: Novas tendências na teoria democráticaTerra e democraciaTeoria feminista e democraciaIntrodução à avaliação de políticas públicas e Burocracia e implementação de políticas públicas.

Introdução à computação para bioinformática: o curso de extensão a distância do Departamento de Ciência da Computação (DCC) da UFMG  (inscrições se encerram em 14 de abril). As aulas serão gravadas de 15 de abril a 15 de junho, porém algumas sessões ocorrerão ao vivo, por videoconferência, em datas a serem marcadas com a turma. O estudante precisa se dedicar ao curso por aproximadamente 40 horas, o que inclui acompanhar as aulas, ler o material e resolver os exercícios propostos. Todo o material de apoio ao curso será fornecido em formato digital. Os participantes receberão certificado.

O Centro de Extensão da Faculdade de Letras da UFMG (Cenex Fale) levou suas aulas de idiomas para o ambiente virtual. A partir do dia 13 de abril, os professores ministrarão as aulas a distância. As inscrições já foram encerradas. As comunicações com os alunos estão sendo feitas pelo e-mail cenexidiomas@letras.ufmg.br. 

O Centro de Apoio à Educação a Distância (Caed) também oferece quatro cursos gratuitos sobre o tema: Introdução à Educação a DistânciaNoções Básicas de Direitos AutoraisIntrodução à Acessibilidade na EaD e Introdução à Webconferência na EaD. As inscrições podem ser realizadas de 13 a 17 de abril por meio de formulário eletrônico disponibilizado no site do Caed, onde também estão listadas outras ações promovidas durante o período de isolamento social.

O projeto AUÊ! - Estudos em agricultura urbana divulgou nota acerca da Covid-19. Nela, o projeto manifesta apoio e fortalecimento da produção e distribuição de alimentos com compromissos socioambientais de pequenos agricultores da RMBH. Veja as medidas citadas na nota disponível no site do AUÊ!.

O Senatus é um projeto da Faculdade de Direito que estimula a argumentação por meio de debates semanais. Agora, esses encontros acontecem de forma virtual, através da plataforma "Discord" e conta com a parceria de outras sociedades de debates pelo país. Veja mais no Facebook. 

O Centro de Capacitação e Pesquisa da UFMG (Cecaps) está oferecendo o curso a distância Utilização de Estatísticas Públicas em Pesquisas Sociais, confira no site. 

O projeto Flores do Morro trabalha design, dança e arquitetura com as mulheres do Morro das Pedras, em BH. Com a pandemia, as atividades presenciais pararam, mas outras foram implementadas. Atualmente uma das participantes confecciona máscaras para as demais integrantes e suas famílias. Acompanhe outras ações no Instagram Flores do Morro

Cultura e entretenimento  

A Estação Ecológica UFMG leva a educação ambiental para o meio virtual, com o objetivo de entreter e informar idosos e crianças, como forma de estimular o isolamento: Facebook, Instagram e Whatsapp. (Veja notícia).

O Espaço do Conhecimento UFMG promove várias ações para o período de distanciamento. Uma delas, a Gincana do conhecimento virtual, aberta a todos os públicos, ocorre de segunda a sexta-feira, no Instagram, com perguntas, desafios e tutoriais de brincadeiras. A cada sexta-feira, um concurso cultural premia o internauta que melhor responder à proposta daquela semana com brindes especiais do museu, que serão entregues após a reabertura.

O sábado é dedicado ao Libras virtual, nas redes sociais do museu: InstagramFacebook e Twitter. Os internautas podem acompanhar a atriz e intérprete Dinalva Andrade contando histórias sobre as Cosmogonias, atividade que integra a exposição de longa duração do museu, Demasiado humano. Além disso, são publicados vídeos que ensinam o alfabeto em Libras e termos específicos.  

A partir de 8 de abril, começou a ser realizado o Clube do livro Guimarães Rosa, para estudo da obra do escritor. As sessões são sempre às quartas-feiras, das 17h às 19h. A mediação é feita pela professora Cláudia Campos Soares, da Faculdade de Letras (Fale) e especialista em literatura brasileira. As vagas estão esgotadas, mas os interessados podem se inscrever na lista de espera. (Lembrando que o planetário do Espaço está fechado para visitação durante a quarentena).

No Domingo de Páscoa, o Ars Nova  – Coral da UFMG – fez sua sua primeira apresentação virtual no YouTubeO coro segue preparando outros formatos para realização de atividades públicas, como entrevistas ao vivo e apresentações musicais remotas. As atividades podem ser acompanhas pelo site do grupo e em seus perfis nas redes sociais: Instagram Facebook.

Capturar_imagelarge

"Ars Nova virtual": coro de páscoa marca estreia das apresentações no YouTube (Foto: Reprodução)

O Cia Ananda é um grupo de dança contemporânea que, nesse período de distanciamento, está incentivando os membros da equipe e demais interessados da comunidade interna a enviarem vídeos de caráter artístico, para serem postados nas redes sociais a partir de abril. Além desses vídeos, o projeto também implementa parcerias com a Rede de Saúde Mental, a qual oferece vídeos de auto-massagem, yoga e dança para estudantes das moradias estudantis de BH e Montes Claros. Tudo pode ser conferido no site da Cia.

Cultura e arte também não param. A Diretoria de Ação Cultural (DAC) propõe atividades na web e exibe atrações em seu canal no YouTube . Os vídeos têm direito a bate-papo ao vivo com artistas. Ademais, a DAC, em parceria com a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), distribui 30 bolsas a alunos da graduação e pós-graduação para a criação de obras que abordem as implicações culturais da pandemia. Saiba mais detalhes desta ação no site.

O Grupo Serelepe, vinculado à Escola de Belas Artes (EBA), disponibilizou no final de março, no seu canal no YouTube, os vídeos das brincadeiras do brinquedorias – espetáculos dedicados às crianças que reúnem jogos tradicionais com música e movimentos. Aproveite: os links dos vídeos estão disponíveis no blog do projeto.

Um dos programas de extensão mais longevos da UFMG, o Carro-Biblioteca (ECI) suspendeu, por tempo indeterminado, as visitas às comunidades. Ele em atuado nas redes sociais (Facebook e Instagram) para disseminar informação, narrar histórias, interagir e recomendar leituras e filmes com link para acesso (#SessãoDupla). Além disso, atualmente o programa planeja novas abordagens de comunicação e busca parcerias com outros atores para introduzir a temática da Covida-19 junto ao público.  

A Faculdade de Direito da UFMG implementou em seu Instagram o projeto Para ficar em casa, o qual reúne indicações de livros e filmes feitas pelos professores da unidade, diariamente. Além dessa ação, a faculdade também criou o quadro Home office, que oferece dicas de organização de trabalho e estudos em casa, e o Direito é música, apresentado pela professora Mônica Sette Lopes. O programa vai ao ar diariamente, às 12h, no VetuscastPara acompanhar essas iniciativas, siga InstagramFacebookTwitter e Vetuscast (SoundCloud ou Spotify).

O Setor de Acolhimento da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) promove o Café Intercultural na versão virtual. A programação inclui diversas atividades para o entretenimento dos estudantes intercambistas em casa (estrangeiros no Brasil e brasileiros no exterior). Os encontros terão duração máxima de 30 minutos (exceto a oficina de yoga, que terá 45 minutos). Todos os estudantes em intercâmbio podem participar, além dos padrinhos e madrinhas dos intercambistas. Confira as informações sobre a programação e como participar clicando aqui

O Centro de Musicalização Infantil (CMI), da Faculdade de Música, oferece lives e vídeos musicais nessa quarentena. Essas ações podem ser conferidas no perfil do CMI no Instagram ou no YouTube. 

O Teatro Universitário estreou o projeto Mistura, que consiste numa série de entrevistas em vídeos com a participação de grupo e coletivos de teatro. A série foi pensada para o ambiente virtual, por isso é divulgada no  YouTube e no Instagram do Teatro Universitário, além do site do projeto Mistura.  

O Museu da Matemática está produzindo conteúdos voltados para aprendizagem no período de quarentena. Jogos e desafios podem ser realizados em casa e são postados constantemente no perfil do museu no Facebook.

O programa Dança Experimental, da Faculdade de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO), está promovendo oficinas de ritmos, danças urbanas, danças orientais e forró social por meio das redes sociais. Os vídeos podem ser acompanhados, semanalmente, pelo Instagram ou pelo YouTube do programa. 

Os extensionistas da Escola de Música promovem a campanha Música para quem cuida. A ideia é levar distração e apoio emocional aos profissionais da saúde, que estão na linha de frente no combate à Covid-19. É possível acompanhar os vídeos musicais dedicados a esse público pelo Instagram da Musicoterapia UFMG.

O Palavra Falada é um podcast, no qual estudantes de teatro e atores/atrizes são convidados a interpretar textos literários. Todas as terças-feiras um novo episódio é lançado no Spotify. Confira o Instagram do Palavra Falada.

Ajudar os profissionais da saúde a construir um estado de bem estar e manter a saúde mental são os objetivos do programa "Kundalini Yoga em 15 minutos". A iniciativa é da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO-UFMG) e pode ser conferida no YouTube.

Biblioteca Universitária

A Biblioteca Universitária gerencia o processo na UFMG de acesso on-line gratuito a 1,6 mil títulos e funcionalidades de diversas áreas do conhecimento disponibilizados pelas editoras Cengage e Pearson. A abertura do acervo digital vai até 25 de abril, mas o prazo poderá ser estendido conforme demanda. 

Os usuários da Pearson podem acessar mais de 500 títulos pela plataforma virtual, com login BV_UFMG@pearson.com e senha @Pearson123. Os mais de 1,1 mil títulos da Cengage foram liberados para estudantes dos institutos de Ciências Biológicas (ICB) e de Ciências Exatas (ICEx), que poderão usufruir do acervo até 30 de junho. As orientações de acesso foram enviadas, por e-mail, a professores e estudantes. A Biblioteca Universitária oferece treinamentos virtuais à comunidade acadêmica e acesso ao seu acervo.

Levantamento

Se em seu projeto ou programa de extensão você identifica alguma proposta de atividade que possa contribuir de alguma maneira com aqueles que mais precisam neste momento (pessoas em situação de rua, idosos, moradores de aglomerados, catadores, grupos sociais vulneráveis, entre outros) e que possa ser desenvolvida de forma não presencial, envie-a para:
 ddc-secretaria@proex.ufmg.br  (leia noticia relacionada) 

Conheça as medidas tomadas pela Pró-reitoria de Extensão da UFMG frente à pandemia.

Siga a Proex nas redes sociais:

facebook.com/extensaoufmg/

instagram.com/extensaoufmg/

twitter.com/extensaoufmg

Assessoria de Comunicação Proex

comunica@proex.ufmg.br 

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901