Brasil
< Início

Cenex são integrados formalmente à estrutura organizacional da UFMG

A aprovação da proposta de institucionalização dos Centros de Extensão da UFMG, encaminhada pela Câmara de Extensão, após ampla escuta dos secretários e coordenadores dos centros, foi aprovada, no dia 22 de outubro, pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e pelo Conselho Universitário da UFMG.

Esse processo foi normatizado por duas resoluções complementares: a 05/2020, que criou os Cenex, e a 06/2020, que regulamentou sua composição e suas competências.

Além delas, a resolução 08/2020, do Cepe, que revogou a Resolução 03/2016.

A gestão colegiada dos Cenex estará a cargo de representantes dos docentes, estudantes e servidores técnico-administrativos, que, por sua vez, elegerão coordenadores e subcoordenadores.

A institucionalização é mais do que um ato administrativo. Representa, sobretudo, um processo de fortalecimento da dimensão acadêmica da extensão e reconhece os Cenex como órgãos, que terão a função de aprovar, acompanhar, registrar e avaliar as atividades nas respectivas unidades, colaborando com a sua qualificação.

O processo ocorre em um momento de fortalecimento acadêmico da extensão universitária também em âmbito nacional. 

Leia também reportagem especial sobre esse assunto publicada no Boletim UFMG

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901