Brasil
< Início

Até 31 de julho: prorrogadas as inscrições para submissão de trabalhos no 4º Congresso Nacional de Saúde da UFMG

Foram prorrogadas até 31 de julho as inscrições para submissão de trabalhos  no 4º Congresso Nacional de Saúde, que acontecerá do dia 28 a 30 de agosto de 2017, promovido pela Faculdade de Medicina da UFMG, e que nesta edição tem como tema “Promoção da Saúde: Interfaces, Impasses e Perspectivas”. Este ano, a exibição e apresentação dos trabalhos serão feitas no formato de e-poster. Os 20 trabalhos com a melhor classificação, sendo cinco por eixo, serão selecionados para apresentação oral. As relações de e-pôsteres aprovados para exposição e para apresentação oral serão divulgadas no site do Congresso no dia 14 de agosto de 2017.

O Congresso Nacional de Saúde é direcionado a um público multidisciplinar, composto de profissionais de diversas áreas da Saúde e correlatas, tanto do setor público quanto do setor privado, em especial professores, técnicos e estudantes, bem como agentes da saúde. A previsão da comissão organizadora é reunir 600 pessoas.

Acesse o edital e orientações para submissão de trabalhos.

Inscreva-se aqui.

Eixos
A programação é dividida em três eixos temáticos principais: “Atenção Primária: Medicina de Família e Comunidade”, “Violência na Sociedade Contemporânea” e “Qualidade de Morte e estratégia de valorização da vida”. Além destes, um quarto eixo transversal perpassa e objetiva dialogar com os outros três.

O primeiro eixo, Atenção Primária: Medicina de Família e Comunidade, é coordenado pelo professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade, Nathan Mendes Souza. As discussões programadas buscam conhecer mais sobre esta especialidade, a que mais cresce no Brasil, e atender expectativas de médicos e demais profissionais de saúde, sobretudo os que tenham dentre suas atribuições a promoção da saúde e a prevenção de agravos.

O Eixo 2, que tem o tema “Violência na Sociedade Contemporânea”, é coordenado pelas professoras  dos departamentos de Medicina Preventiva e Social, Elza Melo e Pediatria, Cristiane de Freitas. Segundo elas, o objetivo é sair do senso comum e aprofundar a percepção da temática para além do que assistir passivamente, no dia a dia e na mídia.

Os médicos do Hospital das Clínicas da UFMG, Munir Murad e Fabiano Morais, coordenam o 3º Eixo: “Qualidade de morte e estratégia de valorização da vida”. Da biologia às políticas públicas, passando por questões éticas e de suporte à família, as discussões objetivam chamar a atenção para a adequada assistência a pessoas com indicação para receber cuidados paliativos. Os participantes vão debater, juntos, questões técnicas e dilemas éticos, refletir e buscar posicionamento em relação ao processo de morrer, como a fase mais delicada da vida.

O eixo transversal irá abordar duas importantes áreas: Saúde e Espiritualidade, que tem sido cada vez mais incluído nas escolas de medicina do mundo, e Práticas Integrativas e Complementares, que propõe o uso de terapias complementares ao tratamento médico convencional. A coordenação é do professor do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade, Rubens Tavares.

Promoção da Saúde
Assim como em suas edições anteriores, 2008, 2011 e 2014, o evento se centra na discussão da promoção da saúde e sua relação com temas contemporâneos que auxiliam na melhoria da qualidade de vida da população brasileira, além de propiciar espaço para a discussão de novas abordagens no processo de formação dos profissionais de saúde.

O 4º Congresso Nacional da Saúde integra ainda a programação das comemorações dos 90 anos da UFMG, celebrados em 2017.

Mais informações e inscrições na página do 4º Congresso Nacional de Saúde.

AV. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - prédio da Reitoria, 6° andar - Belo Horizonte - MG/CEP 31270-901